Operação Resgate ainda ainda capturou 8 foragidos que estavam no fluxo na região central da capital paulista

A força-tarefa que reúne Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Metropolitana fez mais uma etapa da Operação Resgate nas cenas abertas de uso de entorpecentes, no centro de São Paulo. As equipes flagraram no fluxo 115 pessoas descumprindo medidas cautelares impostas pela Justiça, e todas foram conduzidas à delegacia.

São condenados por diferentes crimes que poderiam cumprir a pena em liberdade desde que cumprissem as determinações da Justiça. Com a nova prisão, eles serão reapresentadas ao Judiciário, que decidirá se o restante da pena será cumprido em regime fechado ou não. Durante a operação também foram capturados 8 foragidos da Justiça, pelos mais diversos crimes.

Todas as 968 pessoas que estavam no fluxo, 139 mulheres e 829 homens, foram abordados pelas equipes das forças de segurança. Esse número representa uma redução de 12% em relação à média de frequência no fluxo, que já foi de 1.100.

Ação integrada

A Operação Resgate faz parte do conjunto de ações que o Governo do Estado colocou em prática para o combate à criminalidade e o auxílio à revitalização no centro da capital paulista.

A Secretaria da Segurança Pública atua desde julho no trabalho de qualificação das pessoas que circulam pelo local, por meio de ações e operações para identificar a situação de cada frequentador, seja em situação de vulnerabilidade ou de uso abusivo de drogas.

Em quatro meses, o levantamento identificou 1,1 mil pessoas que frequentam o fluxo, sendo que mais de 600 possuem algum tipo de registro criminal. A maioria destas pessoas cumpre pena em regime alternativo à prisão ou aguarda julgamento em liberdade depois de ter sido solta em audiências de custódia.

Além disso, foram identificadas cerca de 30 pessoas com registros de desaparecimento em aberto na Polícia Civil e mais de 280 cadastradas como beneficiárias do programa social Bolsa Família, do governo federal.

Combate à criminalidade

A SSP também tem intensificado as ações de inteligência para combater os roubos, furtos e receptação na região central. Como resultado do trabalho conjunto entre as polícias, foi possível a redução, desde abril, de 15% dos roubos e 6% dos furtos, o que significa que quase 5 mil pessoas deixaram de ser assaltadas neste período, na área central.

Outra medida adotada pela pasta para proporcionar segurança a moradores e frequentadores da região está o reforço no policiamento ostensivo e preventivo com 120 policiais militares a mais nas ruas.

Além disso, a SSP vem investindo em ações contra a reincidência criminal. Uma delas é o tornozelamentos de infratores liberados em audiências de custódia na Capital. Foi firmado também um Termo de Cooperação com o Poder Judiciário para facilitar a identificação e comunicação, por parte dos policiais, de criminosos que violam as condições de penas ou medidas alternativas em todo o Estado. Desde julho, mais de 250 casos na região central foram identificados e comunicados ao Poder Judiciário.

A postagem Polícia flagra 115 condenados da Justiça descumprindo medidas cautelares, segundo Governo de SP apareceu primeiro em Jornal Digital da Região Oeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se em Nossa Newsletters

Ser notificado das melhores promoções no nosso WordPress temas.

Você Também Pode Gostar

Cotia inicia a vacinação seletiva contra meningite nas UBS’s até 28/02

A vacinação visa imunizar jovens contra a meningite ACWY, mesmo que tenham…

Itapevi abre inscrições para elenco  do espetáculo Paixão de Cristo 2023

Vagas são para munícipes com idade a partir de 12 anos e…

Osasco recebe em Agosto o Escopo Beach Festival, com o melhor do Pagode, Funk e Samba

Pela primeira vez na cidade de Osasco, nos dias 26 e 27…

A ANUEPO promove feijoada beneficente em agosto

No formato drive-thru, a ação é a primeira sob o comando da…