Corra! Quem perdeu o dia “D” da Campanha Nacional de Mobilização contra a Poliomielite no último sábado (8), terá até esta sexta-feira, 14 de junho, para levar seu filho de até 4 anos, 11meses e 29 dias para se vacinar e evitar a reintrodução do vírus que causa a paralisia infantil. Para aplicação da dose, dirija-se com a criança à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência ou veja Aqui para saber o local. Os postos também continuarão a atender munícipes que buscam se imunizar contra a gripe (influenza) e a Covid-19.

O dia “D” também teve ainda como objetivo dar aos pais e responsáveis a oportunidade de atualizarem a caderneta de vacinação com as demais vacinas previstas no Programa Nacional de Imunizações (PNI).  

Cuidado: a pólio pode voltar! 

Ao longo dos últimos anos algumas doenças voltaram a assustar o Brasil em meio ao negacionismo e às baixas taxas de vacinação. O País não registra casos de Poliomielite desde 1989, porém a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) alerta sobre a importância da imunização, já que o território da região das Américas é considerado de alto risco para o ressurgimento da doença. A imunização é a melhor forma de proteger as crianças. “Se todos os pais se atentarem à importância da vacina, o país não terá doenças como a Paralisia Infantil”, contou Karina Souza Camargo, 33 anos, que levou a pequenina Liz, de 1 ano e 8 meses, para receber a dose da pólio.  

 

Proteja-se contra a Gripe

O imunizante contra a Influenza (gripe) continua sendo aplicado em todas as pessoas a partir dos seis meses de idade nas UBSs enquanto durarem os estoques. Débora Fátima Camargo, 37 anos, aproveitou a oportunidade para colocar a caderneta de vacinação em dia. “Eu e meus filhos Kauã, 17, e Manuely, 5 anos, fomos vacinados contra a gripe. A vacina é tudo para a saúde da população. Quem não se vacina poderá ter problemas no futuro. É preciso se preocupar em todos os sentidos. A Poliomielite, por exemplo, pode deixar a pessoa paraplégica”, disse, preocupada.   

 

Vacina da Covid-19

A vacina contra a Covid-19 continua sendo aplicada na população sem prazo determinado para encerramento da vacinação. Morador do Parque dos Camargos, José Bispo dos Santos, 73 anos, tomou a 5ª dose do imunizante. “Só faltava essa vacina”, disse Bispo, afirmando que não teve a doença. “Creio que foi por conta da vacina, que contribui para a nossa saúde”, concluiu. v

A postagem Vacinação contra Poliomielite segue até dia 14 de junho em Barueri apareceu primeiro em Jornal Digital da Região Oeste.

Corra! Quem perdeu o dia “D” da Campanha Nacional de Mobilização contra a Poliomielite no último sábado (8), terá até esta sexta-feira, 14 de junho, para levar seu filho de até 4 anos, 11meses e 29 dias para se vacinar e evitar a reintrodução do vírus que causa a paralisia infantil. Para aplicação da dose, dirija-se com a criança à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência ou veja Aqui para saber o local. Os postos também continuarão a atender munícipes que buscam se imunizar contra a gripe (influenza) e a Covid-19.

O dia “D” também teve ainda como objetivo dar aos pais e responsáveis a oportunidade de atualizarem a caderneta de vacinação com as demais vacinas previstas no Programa Nacional de Imunizações (PNI).  

Cuidado: a pólio pode voltar! 

Ao longo dos últimos anos algumas doenças voltaram a assustar o Brasil em meio ao negacionismo e às baixas taxas de vacinação. O País não registra casos de Poliomielite desde 1989, porém a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) alerta sobre a importância da imunização, já que o território da região das Américas é considerado de alto risco para o ressurgimento da doença. A imunização é a melhor forma de proteger as crianças. “Se todos os pais se atentarem à importância da vacina, o país não terá doenças como a Paralisia Infantil”, contou Karina Souza Camargo, 33 anos, que levou a pequenina Liz, de 1 ano e 8 meses, para receber a dose da pólio.  

 

Proteja-se contra a Gripe

O imunizante contra a Influenza (gripe) continua sendo aplicado em todas as pessoas a partir dos seis meses de idade nas UBSs enquanto durarem os estoques. Débora Fátima Camargo, 37 anos, aproveitou a oportunidade para colocar a caderneta de vacinação em dia. “Eu e meus filhos Kauã, 17, e Manuely, 5 anos, fomos vacinados contra a gripe. A vacina é tudo para a saúde da população. Quem não se vacina poderá ter problemas no futuro. É preciso se preocupar em todos os sentidos. A Poliomielite, por exemplo, pode deixar a pessoa paraplégica”, disse, preocupada.   

 

Vacina da Covid-19

A vacina contra a Covid-19 continua sendo aplicada na população sem prazo determinado para encerramento da vacinação. Morador do Parque dos Camargos, José Bispo dos Santos, 73 anos, tomou a 5ª dose do imunizante. “Só faltava essa vacina”, disse Bispo, afirmando que não teve a doença. “Creio que foi por conta da vacina, que contribui para a nossa saúde”, concluiu. v

A postagem Vacinação contra Poliomielite segue até dia 14 de junho em Barueri apareceu primeiro em Jornal Digital da Região Oeste.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se em Nossa Newsletters

Ser notificado das melhores promoções no nosso WordPress temas.

Você Também Pode Gostar

Barueri abre novos cursos de geração de renda 

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Barueri (Sads) abrirá novas…

Cotia inicia a vacinação seletiva contra meningite nas UBS’s até 28/02

A vacinação visa imunizar jovens contra a meningite ACWY, mesmo que tenham…

Barueri começa a vacinar crianças menores de três anos contra Covid-19

Já começou em Barueri a vacinação da primeira dose contra Covid-19 para…